Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018

Buscar   OK



Hora Certa

(71) 9.8141-3780

No Ar


Nenhuma programação cadastrada
para esse horário




Peça sua Música

  • NUARA
    Cidade: CAMACARI
    Música: CAMACARI
  • VERA LUCIA NEPOMUCENO
    Cidade: CAMACARI
    Música: Poesia Acústica 2 - Sobre Nós
  • VERA LUCIA NEPOMUCENO
    Cidade: CAMACARI
    Música: Poesia Acústica 2 - Sobre Nós
  • marcelos
    Cidade: salvador
    Música: O Homem amarelo
  • ELIANE
    Cidade: CAMACARI
    Música: EM QUANTO A CIDADE DORME BRUNO E MARRONE
  • Ueslei
    Cidade: SALVADOR
    Música: Megalopole - Desordem e Regresson
Publicidade Lateral
Top Músicas
1
Nossa Conversa
Kell Smith
2
Pezadão
IZA e Part. de Marcelo Falcão
3
Não encosta
LudmillaPart. DJ Will 22
4
Oh Quem Voltou
Dani Russo e MC Pocahontas feat Naiara Azevedo
5
Solta a Batida
Ludmilla
6
Indecente
Anitta
Bate Papo

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 30944 Usuários Online: 10


Salvador
Publicada em 10/09/18 às 19:18h - 17 visualizações
Ministério Público denuncia sete policiais por sequestro de Davi Fiúza
Ministério Público denuncia sete policiais por sequestro de Davi Fiúza Davi desapareceu após uma incursão da Polícia Militar na comunidade, em 24 de outubro de 2014.

Jornal Tribuna


 (Foto: Jornal Tribuna)

Ministério Público denuncia sete policiais por sequestro de Davi Fiúza

Davi desapareceu após uma incursão da Polícia Militar na comunidade, em 24 de outubro de 2014.

Foto: Rute Fiúza/Arquivo Pessoal


Por Jordânia Freitas

Quase quatro anos depois do sumiço do adolescente Davi Santos Fiúza, à época com 16 anos, na localidade de Jardim Vila Verde, no bairro de São Cristovão, em Salvador, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) denunciou sete policiais militares pelo desaparecimento do jovem. Davi desapareceu após uma incursão da Polícia Militar na comunidade, em 24 de outubro de 2014. 

Os policiais Moacir Amaral Santiago, Joseval Queiros da Silva, Genaro Coutinho da Silva, Tamires dos Santos Sobreira, Sidnei de Araújo dos Humildes, George Humberto da Silva Moreira e Ednei da Silva Simões foram denunciados por sequestro e cárcere privado (artigo 148, parágrafo 1º, incisos III e IV, combinado com os artigos 29 e 61, inciso II, letra g, do Código Penal), cuja pena varia de dois a cinco anos de prisão. Quatro desses militares pertenciam à 49ª CIPM.


Acompanhe a matéria completa na edição impressa de amanhã.



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros

Central de transmissão:Rua Dezesseis Quadra 26 Número 33-E 1º Andar Sala 02 Fazenda Coutos Salvador - Bahia Cep: 40.731-140
Copyright (c) 2018 - Radio Energia Salvador - Todos os direitos reservados